MISSION STATMENT

Todos os que me conhecem sabem que uma das coisas que mais admiro é a persistência, a coragem e o admirável esforço dos empresários que dedicam a sua vida às suas empresas, tornando-as entidades com vida própria, capazes de gerar riqueza, postos de trabalho, cadeia de valor e outros factores tão essenciais ao desenvolvimento da nossa sociedade.

 

Por causa desse reconhecimento, assisto com enorme apreensão ao momento que atravessa a economia global e ao que de daí está a resultar, em termos sociais. É com muita pena e não sem uma dose de revolta que vejo pessoas dedicadas, humanas, que não merecem nada mais do que consideração, serem conduzidas a uma situação desesperante, de onde são sempre os últimos a poder sair.

 

O mesmo em relação a alguma pessoas e às suas famílias, angústiadas por uma siituação que não se podia prever, apesar da enorme quantidade de "moralistas" que aparecem agora a fazer juízos e a tecer críticas. É triste, desmotivador e profundamente injusto.

 

Mas o meu carácter humanista aliado ao facto de que esta "crise" não é apenas um momento passageiro, implica mudanças de comportamento profundas, nas empresas e nas famílias, levou-me a ter a vontade de fazer parte da solução.

 

Há que ajudar a resolver. Há que lutar!

 

Da inquietação nasceu um desejo. Desse desejo nasceu a Teixeira & Gonçalves.

 

Desde que fundei a empresa de consultoria de recuperação financeira muitos foram os que nos confiaram a missão, que muitas vezes consideram impossível, de reverter a trajectória de asfixia em que se encontram e que secretamente os desmotiva e corrói.

 

Procuramos tornar acessível a todas as empresas e pessoas que nos procuram todo o Know how que possuímos para assim fazer crescer, de forma totalmente partilhada, para ajudar todos aqueles que queiram, com honestidade e transparência, a solucionar problemas de desajustamento estrutural, económico e/ou financeiro que atravessam ou antevêem vir a ultrapassar. Numa palavra, para os ajudar a vencer.

 

E fazemos isso dedicando-lhes tempo,e apoio emocional, porque sentimos o quanto é importante ao longo do processo relembrar estas pessoas de que não foram elas a falhar. Falhou a economia. Falhou o anterior entendimento do mundo. Agora não é tempo de chorar nem de baixar os braços. É tempo de reestruturação, de arregaçar as mangas e voltar à cargar. Porque quem está na luta é sempre um ganhador. Merece o meu respeito, a minha admiração e - não poucas vezes - a minha amizade.

 

Nós queremos ser também merecedores desse respeito. E é isso que nos regula. É isso que espero poder fazer por todos aqueles que nos procurarem.

 

Andreia Teixeira

CEO